terça-feira, 8 de março de 2011

O que seria do mundo sem as mulheres?

Teríamos as lágrimas que sensibilizam o coração do homem?
Não teríamos os afagos que tranqüilizam o homem e
a ternura que pacifica a mente de um homem.

Essas mulheres...

Que sentem a dor da luz com os brilhos nos olhos,
Oferecendo ao mundo a esperança e a mudança,
Que educa, orienta e oferece o seu amor ao filho e depois, com lágrimas nos olhos, com o coração despedaçado, entrega o seu filho ao mundo, mas com a firmeza e a tranqüilidade de uma mulher batalhadora, que sabe, fez a sua parte!

Essas Mulheres...

Que lutam, trabalham e colaboram para que o nosso país seja uma grande nação,
E fazem isto com competência sem esquecer da bela sensualidade,
da voz carinhosa e do olhar materno.

Sensíveis?

Extremamente sensíveis?

Não... Não podem ser diferentes, pois a mulher é decidida e veloz, mas extremamente sensível...No toque, no olhar e no falar mesmo quando estão ali no comando!

O mundo sem as mulheres seria triste, pequeno, sem poesia, sem canção, sem cor... E, claro, sem amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário